Guia de Valores, Custos e Lucratividade

Valores, Custos e Lucratividade de Produtos


Sumário

Valores, Custos e Lucratividade de Produtos.

- Conceitos

·         Valores de Venda

·         Custo do Produto

·         Lucro

- Utilizando o Sistema para gestão de Valores e Custos

·         Cadastro de Tipos de Valor de Venda 

·         Valores e Custos de Produtos

- Reajuste em Massa de Valor de Venda

- Lucratividade de Produtos em Vendas

 

Conceitos


Valores de Venda

O Valor de Venda é a valoração monetária dos produtos comercializados pelo estabelecimento. É uma informação cadastrada diretamente no produto. Ele pode ser calculado, ou então indicado livremente pelo comerciante.


Um mesmo produto pode ter vários valores de venda, de acordo com a Tabela de Valores de Venda, que por sua vez, possui vários Tipos de Valor de Venda. Por exemplo, um produto pode ter o valor de atacado e varejo.


Além disso, pode haver acréscimos ou descontos no valor de venda. Por exemplo, em um produto cujo Valor de Venda é de R$10,00 pode incidir um desconto de R$2,00, resultando em R$8,00; ou um acréscimo de R$5,00, resultando em R$15,00.


Custo do Produto

O Custo é todo o valor monetário despendido para que o produto comercializado pelo estabelecimento seja adquirido ou fabricado pelo estabelecimento.


O Custo considerado pode ser direto ou indireto.


· O custo indireto é todo aquele custo que é diluído por todos os produtos adquiridos ou fabricados. Por exemplo: Conta de água, conta de luz, remuneração dos funcionários, etc.


· O custo direto é aquele que pode ser especificado em cada produto. Por exemplo: o valor cobrado pelo fornecedor pelo produto, o frete, impostos, comissão, outras despesas, etc.


O custo de aquisição de um mesmo produto pode variar de acordo com a época que foi adquirido, com uma sazonalidade, ou até mesmo com uma promoção ou condição especial oferecida pelo fabricante. Ou seja, um mesmo produto pode ter custos diferentes.

Por este motivo existe o Custo Médio. Ele é uma média de todos os custos, resultando em um só custo para um produto.


Lucro

O Lucro é basicamente a diferença entre o custo do produto, e seu valor de venda. Por exemplo, se o Custo do produto é de R$10,00, e seu Valor de Venda é R$18,00, o lucro do estabelecimento é de R$8,00.

De acordo com estes valores, pode-se chegar a porcentagem de lucro que o produto. No exemplo acima, o lucro foi de 44,00%.


Utilizando o Sistema para gestão de Valores e Custos


Cadastro de Tipos de Valor de Venda

O primeiro cadastrado a ser realizado para informar o Valor de Venda de qualquer produto é dos Tipos de Valor de Venda.

Esta funcionalidade é uma definição de Tabelas de Preço que serão utilizadas em todos os produtos no sistema. Na mesma, é indicada uma Porcentagem de Lucro padrão para os Valores de Venda dessa tabela.



Valores e Custos de Produtos


Custos

Os Custos que são considerados pelo sistema para cálculo são somente os custos diretos. Ou seja, impostos, frete, preço de compra da mercadoria, etc.


O Custo Médio é o preço pago pela mercadoria para aquisição da mesma. Este preço é calculado de acordo com o Valor Unitário e o Subtotal informado para a mercadoria em questão nas Notas e Ajustes de Compra do sistema.

 

 


Somente as Notas e Ajustes de Compra já Confirmados são considerados neste cálculo. Notas que ainda estão Em Digitação ou Canceladas não influenciam no mesmo.




Podem ser consideradas todas as Notas ou Ajustes de Compra já cadastrados no sistema ou somente para os três últimos cadastros. Isto é definido pelo usuário nas Opções do Sistema.





· CMPFA – Considerará somente as três últimas compras do produto.

· CMPF – Considerará todas as compras já cadastradas no sistema do produto. Corrigir o texto

 

Exemplo:


No dia 10/01/2012 foi realizada uma compra de 20 unidades do produto Sabonete por R$10,00.


No dia 10/02/2012 foi realizada uma compra de 10 unidades do produto Sabonete por R$15,00.


No dia 10/03/2012 foi realizada uma compra de 05 unidades do produto Sabonete por R$35,00.


Neste caso, o Custo Médio seria de R$20,00.


Uma outra situação ocorre quando a unidade de medida em que a mercadoria foi adquirida é diferente da unidade de medida de venda.

 

Exemplo:

No dia 10/01/2012 foi realizada uma compra de 1 caixa com 20 quilos do produto Sabonete por R$10,00. A unidade de medida de saída do produto é quilo.


No dia 10/25/2012 foi realizada uma compra de 5 caixa com 20 quilos do produto Sabonete por R$15,00 cada caixa. A unidade de medida de saída do produto é quilo.


No dia 10/03/2012 foi realizada uma compra de 2 caixa com 15 quilos do produto Sabonete por R$10,00 cada caixa. A unidade de medida de saída do produto é quilo.


Neste caso, o valor que o produto foi comprado (a caixa de sabonete) é dividido pelos quilos (que é o que realmente será vendido). Sendo assim:


Na compra do dia 10/01/2012 cada quilo de sabonete equivale à R$0,50.


Na compra do dia 10/02/2012 cada quilo de sabonete equivale à R$0,75.


Na compra do dia 10/03/2012 cada quilo de sabonete equivale à R$0,66.


O Custo Médio do item será baseado então, nos valores do produto em quilo, e não em Caixa.


O campo Despesas Acessórias segue o mesmo raciocínio de cálculo do Custo Médio, mas são baseadas no Frete, Seguro e Outras


Despesas vinculadas ao item na Compra.



 

 

Para produtos do tipo Composição ou do tipo Kit, esta regra não contempla a compra do produto em si, mas sim dos produtos que o compõe. Sendo assim, imagine que um produto Hambúrguer seja uma Composição formada por Queijo, Carne e Pão. Seu Custo Médio e Despesas Acessórias será formado pelo somatório do Custo Médio do Queijo, da Carne e do Pão.


Para finalizar o cálculo do Valor de Custo do produto, ainda pode ser preenchido livremente o campo Outras Despesas, diretamente no cadastro do produto. Este campo é informado para valores diversos que devem integrar o custo do produto.




Com essas informações, basta clicar em Calcular Valor de Custo. Dessa forma o campo Valor de Custo será preenchido com o somatório do Custo Médio, Despesas Acessórias e Outras Despesas. O Valor de Custo pode também ser informado livremente pelo usuário.


Impostos

Os impostos são alíquotas de tributos que devem ser consideradas para se definir o Custo do produto. Estas alíquotas não irão alterar diretamente o Valor de Custo do produto, mas serão utilizadas para calcular o Valor de Venda baseado no lucro. Além disso, estas alíquotas também não serão utilizadas para a parte fiscal do sistema, se restringindo a auxiliar somente no cálculo do custo. Sendo assim, caso o usuário não deseje considerar, por exemplo, o COFINS no cálculo, isto não influenciará na parte fiscal.




Ao selecionar Carregar Aliq. Padrão, as alíquotas já serão preenchidas com:


· No caso de ICMS, PIS, COFINS e IPI – Com as alíquotas cadastradas no NCM do sistema.

 


 

· No caso de IRPJ, CPP e CSLL – Com as Alíquotas cadastradas nas Alíquotas Padrão do sistema.


 


Comissão

A porcentagem de comissão também é considerada no momento do cálculo do Valor de Venda baseado no lucro.




Essa porcentagem de comissão pode ser indicada pelo usuário ou carregada do Produto:




Ou da comissão padrão das Opções do Sistema:




Valor de Venda

Os Valores de Venda e a porcentagem de Lucro que será utilizada para seu cálculo podem ser tanto indicados manualmente quanto carregados de acordo com sugestões do sistema. Essa sugestão é baseada no Lucro pré-cadastrado na tabela de Tipo de Valor de Venda e com as informações de Custo e de Impostos do Produto.

 


 

 Os campos % Lucro Sugerido e Valor de Venda Sugerido são os valores que o sistema calcula automaticamente com base nas informações. Os campos % Lucro Utilizado e Valor de Venda são os valores que realmente serão praticados.

 

 


 

Ao clicar em Calcular Valor de Venda o sistema irá preencher os campos praticados de todos os Tipos de Valores de Venda com as sugestões informadas.

 



Existem duas modalidades de cálculo do valor de venda. O usuário define qual utilizará nas Opções do Sistema

 


  

· Mark-up por Fora: Nesta modalidade porcentagens de Comissão e Impostos são aplicadas ao Valor de Custo do Produto com seu Lucro. Ou seja, o Valor de Custo é somado ao Lucro; após isto cada alíquota é aplicada e somada ao valor. No final, obtemos o valor total que o produto deve ser vendido para que obtenha o lucro informado. A fórmula utilizada é:


·         X = Custo Utilizado * (1 + (% Lucro Utilizado / 100))


·         Valor de Venda = X + (Alíquota ICMS/100 * X) + (Alíquota PIS/100 * X) + (Alíquota IPI/100 * X) + ( Alíquota COFINS/100 * X) + (Alíquota IRPJ/100 * X) + (Alíquota CSLL/100 * X) + (Alíquota CPP/100 * X) + ( Comissão/100 * X)


Exemplo: Um produto cujo Custo é de R$49,00, a Comissão é de 15,00%, a Alíquota ICMS é de 12,00% e o IPI é de 07,00% e se deseja um lucro de 30%, o Valor de Venda seria de R$85,36.


Realizando o cálculo inverso, ou seja, subtraindo do Valor de Venda o valor do IPI (R$5,97), o valor do ICMS (R$10,24), a Comissão (R$12,80) e o Custo do produto (R$49,00), teríamos um Lucro real de R$7,35 (Valor de Venda, removido todos os custos). Este lucro representa somente 8,61% do Valor de Venda, e não os 30% pretendidos.


· Mark-up por Dentro: Nesta modalidade o Valor de Venda é calculado não somando os custos e adicionando à ele, mas sim aplicando as todas as porcentagens (impostos, comissão e lucro) ao valor final, e dessa forma, prevendo qual é o valor que ele deve ser vendido com essas porcentagens previstas. A fórmula utilizada é:


·         Valor de Venda = Custo Utilizado / (1 ((Alíquota ICMS/100) + (Alíquota PIS/100) + (Alíquota IPI/100) + ( Alíquota COFINS/100) + (Alíquota IRPJ/100) + (Alíquota CSLL/100) + (Alíquota CPP/100) +

(Comissão/100) + (‘% Lucro Utilizado / 100))


Exemplo: Um produto cujo Custo é de R$49,00, a Comissão é de 15,00%, a Alíquota ICMS é de 12,00% e o IPI é de 07,00% e se deseja um lucro de 30%, o Valor de Venda seria de R$136,11.


Realizando o cálculo inverso, ou seja, subtraindo do Valor de Venda o valor do IPI (R$9,52), o valor do ICMS (R$16,33), a Comissão (R$20,41) e o Custo do produto (R$49,00), teríamos um Lucro real de R$40,85 (Valor de Venda, removido todos os custos). Este lucro representa exatamente 30,01% do Valor de Venda, ou seja, os 30% que se almejava alcançar.


Sendo assim, a maneira correta de calcular o Valor de Venda é utilizando o Mark-up por Dentro, mas, no comércio é mais usual utilizar o Mark-up por Fora.

 

Reajuste em Massa de Valor de Venda

É possível realizar o ajuste em massa de todos os valores de venda. Para isto, basta acessar o menu Valores de Venda / Ajuste de Valores de Venda.

 

 


Neste menu deve-se clicar em Incluir Vários Produtos, selecionar os filtros, e serão inseridos na tabela os valores dos produtos à serem reajustados. Cada vez que clicar em Incluir Produtos, serão incluídos 50 produtos que “batem” com o filtro.

 

 


· Calcular Valor de Venda : reajusta o valor de venda de acordo com impostos e custos, considerando o Lucro desejado, indicado diretamente no Produto.


· Aumentar Porcentagens: Aumenta a porcentagem de Lucro do produto, e consequentemente seu valor de venda.


· Diminuir Porcentagens: Diminui a porcentagem de Lucro do produto, e consequentemente seu valor de venda.


Após realizar estas ações, basta clicar em Salvar, que serão reajustados os valores de venda dos produtos indicados.


Lucratividade de Produtos em Vendas

A partir das informações de valores de custo e valores de venda, é possível calcular a lucratividade de itens comercializados. Para tanto, o relatório de Itens e Serviços deve ser utilizado.

 

 


Neste relatório o usuário pode filtrar por data, produtos, clientes ou outras informações específicas. Ao ser gerado, serão mostrados, Código interno, Quantidade vendida e Subtotal Médio do pedido ou serviço.

 



Ao final do relatório, esses valores são totalizados.

 


 

A fórmula utilizada para chegar aos valores de lucro é a subtração do valor de venda do produto (considerando descontos e acréscimos) pelo custo do produto na venda, considerando os impostos e comissões que serão pagos (de acordo com o cadastrado no produto) e o Custo Utilizado ou Custo Médio. Sendo assim:


· Lucro = Valor de Comercialização do Item – (Custo Utilizado ou Custo Médio + (Alíquota ICMS/100 * Valor de Comercialização do Item) + (Alíquota PIS/100 * Valor de Comercialização do Item) + (Alíquota IPI/100 * Valor de Comercialização do Item) + (Alíquota COFINS/100 * Valor de Comercialização do Item) + (Alíquota IRPJ/100 * Valor de Comercialização do Item) + (Alíquota CSLL/100 * Valor de Comercialização do Item) + (Alíquota CPP/100 * Valor de Comercialização do Item) + (Comissão/100 * Valor de Comercialização do Item).

Opiniões e Base de Conhecimento